Detalhes do produto

A dança da vida
Disponibilidade: Em estoque
R$ 20,00

  Sinópse

A dança é uma linguagem presente em diversos grupos de animais (mamíferos, aves, insetos). Sendo assim, procuramos estudar sua função ritualística nos grupamentos humanos, desde os primitivos até os tempos atuais, destacando momentos significativos em que a dança se faz presente como elemento fundamental, em diversas sociedades.

Primeiro capítulo: O movimento e seu significado nas sociedades antigas;

Segundo capítulo: Coincidências mítico-rituais;

Terceiro capítulo: A presença da dança nos rituais do homem moderno;

Quarto: Danças no Brasil e sua influência na sociedade; e

Quinto: A dança no Brasil e o registro histórico de sua presença na formação da cultura nacional.

Este livro pretende ser um cumprimento e uma mesura suave que nos convida a iniciar uma dança.

  Ficha técnica
ISBN: 978-85-8151-070-5
Edição:
Ano de publicaçao: 2013
Nº de Páginas: 56
Formato: 15x22cm
Idioma: Português
  Sobre o autor
Antônio Nolberto de Oliveira Xavier

Natural de Pelotas, Rio Grande do Sul, é Licenciado em Filosofia, pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS), Especialista em Administração e Planejamento para Docentes, pela Universidade Luterana do Brasil (ULBRA/RS), Mestre em Ciências da Comunicação – área de concentração Semiótica –, pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) e Doutorando em Comunicação e Semiótica – signo e significação nas mídias –, pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP).

É Professor Assistente da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) atuando no Curso de Comunicação Social – Rádio e TV desta universidade.

É membro permanente do corpo docente da Associação Cultural Gramado, do Rio Grande do Sul e pesquisador cadastrado no CNPq como Coordenador do Grupo de Pesquisas em Folkcomunicação – credenciado pela UESC. Desde 1985, integrou e coordenou grupos de danças folclórica gaúchas, alemãs, portuguesas, italianas em diversos municípios como Pelotas, Montenegro, Harmonia, Salvador do Sul, São Sebastião do Caí, Esteio e Curitiba.

É pesquisador de danças folclóricas brasileiras, tendo realizado montagens coreográficas e pesquisa de trajes e músicas para tournées artísticas internacionais de grupos de São Paulo e Blumenau para viagens à Alemanha, Mercosul (Uruguai, Argentina, Chile e Paraguai), além de ter integrado a Comitiva que representou o Brasil na Steuben Parade (festa organizada pela Colônia Alemã nos Estados Unidos) em Nova Iorque, em 1997.

Se preferir compre em um site parceiro