Itacaré: cancioneiro histórico-geográfico de sua gente
Disponibilidade: Em estoque
R$ 35,00

Autor

Sinópse

Ficha técnica

Otília Nogueira

Otí lia nasceu no município de Ilhéus, na vila de Oliveira, em 22 de novembro de 1940. Descende de índios, africanos e portugueses. Seu pai, Joaquim Assis Nogueira, era índio Pataxó, já falecido, e sua mãe, Maria José de Araújo, fi lha de africanos e portugueses, também já falecida. Viveu em vários municípios do Sul da Bahia, como em Una, Pau-Brasil, no distrito de Banco da Vitória, pertencente a Ilhéus, em Itabuna entre outros. Contudo, ao conhecer Itacaré, que a chama carinhosamente de Bela Adormecida ou Princesa da Ecologia, Otília se apaixonou e nunca mais quis sair dessa terra.

Trata-se de uma pessoa de natureza inquieta, não se acomoda, não consegue fi car parada, parti cipa. Quando surge um desafi o, não ti tubeia, entrega-se com paixão para superá-lo. Dentre suas lutas, destacam-se o projeto Marambaia, o reflorestamento das margens da rodovia Ilhéus/Itacaré, a associação dos apicultores, a feira de Itacaré, a APA, o Floresta Viva, entre outros. Em sua biografia, ainda consta passagem como vereadora e sindicalista. Hoje, no entanto, restringiu suas atividades.

Quando chegou a Itacaré, esse paraíso, ainda não se preocupava com o meio ambiente. Contudo, apesar de sua pouca instrução escolar, não tardou em se dar conta de seu valor e de seu signifi cado, convertendo-se numa protetora e defensora determinada pela preservação e melhoria da natureza. Com essa mudança de postura e de atitude, ganharam os animais que povoam seu sítio, incluindo cobras, que já não são mortas, exceto em circunstâncias extremas. Sendo de origem simples, não nega suas raízes. Com humildade, acolhe todos que a procuram com um grande coração, que só uma grande mãe pode ter. Esta obra revela seu talento e sua humanidade.

Se preferir compre em um site parceiro