Detalhes do produto

Marchas Brasileiras - Vol. 01
Disponibilidade: Em estoque
R$ 45,00

  Sinópse

Este livro propõe-se a demonstrar a importância da marcha como gênero musical urbano de grande penetração popular a partir de julho de 1927, quando foi introduzido no Brasil o sistema elétrico de gravação de discos, possibilitando um grande avanço da indústria fonográfi ca enquanto vetor de divulgação musical, estendendo-se até 1940, percorrendo um dos períodos mais ricos de nossa música popular, responsável pela sua consolidação enquanto manifestação cultural e como elemento unificador da identidade nacional. A obra está dividida em dois volumes, 1927 a 1935, volume 1, e 1936 a 1940, volume 2.

Em boa hora Luiz Américo Lisboa Junior entrega ao público seu “Marchas brasileiras”, que abarca o período compreendido entre 1927 e 1940. Trata-se de uma obra de fôlego, escrita por um pesquisador rigoroso e apaixonado, que tem tudo para se tornar indispensável na biblioteca de todos os que estudam e apreciam a música popular brasileira.

Nela, o leitor encontrará as histórias e as letras de mais de 1.000 marchas, situadas no tempo em que foram compostas e cantadas. Além disso, ao final do livro, terá à sua disposição uma ferramenta preciosa para consultas e pesquisas: uma discografia organizada cronologicamente, com as informações técnicas mais relevantes sobre as canções – autores, intérpretes, gravadoras, datas de lançamento e números dos discos.

Falar da marchinha é principalmente falar do carnaval. E falar do carnaval, pelo menos no período que vai dos anos 1920 até a década de 1960, é falar da mais completa, permanente e divertida crônica da vida brasileira – crônica escrita, cantada e bailada por multidões em todo o país.

Durante quase meio século, as marchinhas e os sambas, os gêneros mais populares do carnaval, passaram em revista, com bom humor e sem papas na língua, todos os temas do cotidiano nacional. As difi culdades econômicas, os fatos políticos, as agruras e as esperanças do povo, as perplexidades e as conquistas nacionais, os acontecimentos mundiais mais relevantes, as novidades comportamentais, os modismos, as gírias e expressões do momento, os bordões dos comunicadores de massa, os excessos dos fi gurões, os crimes famosos, tudo isso (e muito mais) forneceu matéria prima para que o brasileiro brincasse e cantasse durante o carnaval. E namorasse muito também, porque o carnaval, como se sabe, é uma festa em que ninguém é de ninguém.

Tudo somado, o livro “Marchas brasileiras” é uma divertida e estimulante viagem ao que fomos e, em certa medida, ao que somos. Nesse percurso, temos a sensação de que estamos diante de um espelho: olhamos para o país e nos reconhecemos nele a todo momento. Que o terceiro e o quarto volume, que nos levarão da década de 1940 até os anos 1960, venham logo.

  Ficha técnica
ISBN: 978-85-8151-031-6
Edição:
Ano de publicaçao: 2013
Nº de Páginas: 516
Formato: 16x23cm
Idioma: Português
  Sobre o autor
Luiz Américo Lisboa Junior
Baiano de Salvador, é historiador, pedagogo, escritor e pesquisador da história da MPB com 4 livros publicados, A presença da Bahia na MPB, 81 Temas da MPB, Compositores e intérpretes baianos, de Xisto Bahia a Dorival Caymmi e MPB em textos, história e crítica. Ministrou cursos, seminários e palestras em várias instituições culturais e de ensino superior do Brasil. É sócio efetivo do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia.
  Livros do mesmo autor

Se preferir compre em um site parceiro